faça sua pesquisa

domingo, 9 de outubro de 2016

CADERNO DE VIBRAÇÕES: EFEITO APENAS PSICOLÓGICO?

Pratica usual na grande maioria dos Centros Espíritas em funcionamento no Brasil, o chamado Caderno de Vibrações ou mesmo as urnas onde se colocam tiras de papel com anotações com pedidos em favor de frequentadores presentes ou não, sua eficácia é questionada pelos leigos ou mesmo por aqueles que ali incluem suas petições movidos por uma ‘fé cega’. Resultariam esses pedidos em algo concreto? A resposta pode ser localizada na segunda das obras da série NOSSO LAR. Nela o Espírito conhecido como André Luiz através de Chico Xavier, relata sua primeira incursão no nosso Plano na condição de observador das ações a atividades desenvolvidas por Espíritos especializados junto a Instituições organizadas inspiradas nas informações do Espiritismo. Num dos capítulos, descrevendo detalhes do que observa num dos núcleos visitados conta: -“Reparei que num ângulo da grande mesa havia numerosas indicações de receituário e assistência. Os mais variados nomes ali se enfileiravam. Muitas pessoas pediam conselhos médicos, orientação, assistência e passes. Quatro facultativos espirituais se moviam diligentes e, secundando-lhes o esforço humanitário, quarenta cooperadores diretos iam e vinham, recolhendo informações e enriquecendo pormenores.  Aproximamo-nos do grande número de papéis nominados e, enquanto curiosamente buscava examiná-los, ouviu dos Instrutor que acompanhava:  – Temos aqui a indicação das pessoas que se afirmam necessitadas de amparo e socorro imediato”. Naturalmente, questionou: - Pessoas que se afirmam necessitadas de amparo e socorro imediato recebem tudo quanto pedem? A resposta veio de imediato: -Recebem o que precisam. Muitos solicitam a cura do corpo, forçando os responsáveis pela recepção e análise dos pedidos a estudar até que ponto podem ser úteis, no particularismo dos seus desejos. Alguns reclamam orientações várias, obrigando a equilibrar-se a cooperação, de modo a lhes não tolher a liberdade individual.  A existência terrestre é um curso ativo de preparação espiritual e, quase sempre, não faltam na escola os alunos ociosos, que perdem o tempo ao invés de aproveitá-lo, ansiosos pelas realizações mentirosas do menor esforço.  Desse modo, no capítulo das orientações, a maior parte dos pedidos são desatinados.  A solicitação de terapêutica para a manutenção da saúde física, pelos que de fato se interessem pelo concurso espiritual, é sempre justa; todavia, no que concerne a conselhos para vida normal, é imprescindível muita cautela de nossa parte, diante das requisições daqueles que se negam voluntariamente aos testemunhos de conduta cristã.  O Evangelho está cheio de sagrados roteiros espirituais e o discípulo, pelo menos diante da própria consciência, deve considerar-se obrigado a conhecê-los”. Mais recentemente, o próprio médium Chico Xavier, respondendo a indagação de um amigo próximo, explicou: -“Existe um aparelho como se fosse um computador e que no instante que se coloca o nome das pessoas no Caderno de Preces, ele é digitado para o Mundo Espiritual Superior e quando se faz a prece aqui da Terra, os Espíritos, pegam as fichas das pessoas e vão atender em nome de Deus”.  Vale acrescentar a essas elucidativas informações outra observação atribuída a Chico Xavier: - “As anotações feitas por um ou outro meio, devem estar impregnadas do sincero desejo de quem as faz de beneficiar a quem quer que seja. Nunca escrevermos por escrever, produzindo listas infindáveis sem o contágio do sentimento efetivo, real de obter ou produzir o auxílio. Nesses casos, os Benfeitores desconsideram o pedido”. No caso dos atendimentos a distância, André Luiz confirma que “pode ser dispensado desde que haja sintonia entre aquele que o administra e aquele que o recebe. Nesse caso, diversos companheiros espirituais se ajustam no trabalho do auxílio, favorecendo a realização, e a prece silenciosa será o melhor veículo da força curadora”. (Visite o canal  Luiz Armando – canal do YouTube  /  Conheça também  Luiz Armando - Preces)



Nenhum comentário:

Postar um comentário